MATÉRIAS

Um dos materiais mais antigos utilizados pela humanidade – seja na agricultura, alimentação ou construção civil –, a cal é extraída do calcário, uma rocha sedimentar rica em minerais. Seu uso como aglomerante em edificações pode ser percebido em construções milenares como as pirâmides do Egito e a Via Ápia, na Itália, por exemplo. O material é aplicado para unir e revestir alvenarias devido à plasticidade e durabilidade que acrescenta às argamassas, um composto obtido da mistura de cal, cimento e areia e um dos produtos mais usados em obras de alvenaria. 

Com experiência centenária na extração e comercialização do calcário e seus derivados, a empresa gaúcha Dagoberto Barcellos S.A (Grupo DB) produz uma gama de produtos voltados especificamente para a indústria da construção civil. Gerente comercial da corporação, Carlos Cavalheiro destaca a versatilidade do produto: 

– A DB elabora, além da cal virgem, que é o calcário calcinado e moído, cal hidratada e cal hidráulica, que é o produto mais moderno, obtido da adição de cinzas minerais à cal hidratada. Além disso, comercializamos a argamassa pronta (com areia selecionada e peneirada mais cal e cimento) para diversos fins. Temos o produto específico para o uso em alvenarias estruturais, reboco e aplicação de pisos, entre outros.

Uma curiosidade é que ainda que a tecnologia e a indústria tenham avançado muito nos últimos anos, não existe nenhum componente, seja natural ou químico, que possa substituir a cal. Segundo Cavalheiro, por mais que uma ou outra fabricante anuncie um possível suplente, a cal permanece fundamental para o mercado:

– O que existe é uma ideia errônea de que se tornou possível produzir um substituto químico para a cal em laboratório. Na verdade não há nenhuma comprovação de que qualquer produto possa substituí-la com a resistência e a qualidade nem sequer aproximadas.

Sendo assim, preocupada com o impacto ambiental e com atividades norteadas pela responsabilidade, a Dagoberto Barcellos desenvolveu um sistema de Gestão Ambiental baseado na ISO 14001. A empresa utiliza técnicas de mineração que contemplam a sua demanda de produção com ações de recuperação das áreas mineradas. Além disso, a empresa recebeu recentemente o certificado ISO 18001 em Segurança e Bem-estar no trabalho. 

Fonte: Zero Hora


Copyright Portal Obra24horas | 2005-2019
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso