MATÉRIAS

Santana produz imóveis planejados na Gabinette

O ambiente de trabalho é um lugar que requer concentração e, em muitos casos, criatividade. Para que isso ocorra, o dono da empresa ou quem estiver montando o espaço deve estar atento a detalhes como organização dos móveis, cores e até objetos de decoração do local.

Arquiteta especializada em ambientes corporativos, Priscilla Bencke explica que muitos costumam investir em propostas que não condizem com o trabalho, o que pode gerar prejuízos para a empresa, pois tem impacto na produtividade dos colaboradores.

Priscilla aplica em seus projetos a neuroarquitetura, que consiste na junção da neurociência com a arquitetura, e o resultado disso é o olhar mais humano, mais atento a detalhes e necessidades de quem trabalha. "Com o olhar da neuroarquitetura, a gente consegue fazer ambientes mais humanos que vão além da estética, é uma investigação mais profunda sobre o ambiente", diz.

"Para o meio corporativo, hoje em dia é fundamental fazer um projeto assertivo, para que o valor do investimento de fato torne os funcionários mais produtivos e concentrados", ressalta a arquiteta, que comenta que esse tipo de projeto costuma ser bem diferente do residencial, pois tem uma grande preocupação em gerar lucro e para isso precisa ter pessoas produtivas.

Walter Santana tem uma loja para escritório, a Gabinette Móveis, e conta que procura compreender a necessidade e o espaço que o cliente dispõe, para então apresentar os produtos adequados. "Fazemos isso de forma personalizada para que haja o melhor aproveitamento dos espaços até o projeto final, que também é elaborado por nós", explica.

Ele diz que tanto nas empresas ou mesmo em home offices o importante é contemplar o bem-estar e o conforto no momento do trabalho, para evitar problemas. "As normas regulamentadoras têm sido importantes nesse sentido, a exemplo da preocupação que se deve ter com a ergonomia, visando à otimização das condições de trabalho", analisa.

A conexão com a natureza também é um ponto importante nesse tipo de ambiente. "Uma simples plantinha no escritório já é capaz de reconectar o profissional com a sua essência", comenta.

Imersão na empresa

Imersão na empresa

Quando Priscilla inicia cada projeto, faz visitas e busca ter o máximo de contato com a organização em que irá fazer o trabalho. Conversa com quem a está contratando, mas também com todos os funcionários que convivem no espaço. "Entramos literalmente na empresa, fazemos uma imersão, sentamos com cada um dos colaboradores, com objetivo de encontrar pequenos detalhes que podem estar afetando a produtividade", ressalta.

Um de seus clientes, Paulo Costabeber, que finalizou com a arquiteta recentemente o projeto de reforma da sua empresa, uma concessionária de máquinas agrícolas, conta que a principal diferença em relação a outros trabalhos arquitetônicos é o enfoque nas pessoas que vão usar o espaço. "Chamou muito a atenção que, antes de observar o tamanho da área, os móveis, procurou saber o que pensávamos a respeito da empresa e também o que os funcionários pensavam", conta Paulo.

O resultado do projeto empolgou o empresário. "O espaço estava precisando de uma reforma, porque acabou ficando desatualizado e a metodologia utilizada por Priscilla estava muito alinhada com os nossos valores", acrescenta.

PLANEJE A DECORAÇÃO DA SUA EMPRESA

- Modismo: Não adote o estilo Google para sua empresa se o perfil do ambiente corporativo não corresponder a esse método descontraído. Busque a coerência nos projetos 

- Cadeiras: O maior erro de um escritório é escolher cadeiras apenas pelo modelo do design, esquecendo da parte ergonômica. O móvel tem que ter regulagem de assento e braço e ser o mais confortável possível

- Cores: Aposte nas cores de forma estratégica. Optar apenas pelo branco ou cinza para o espaço corporativo faz o ambiente se tornar monótono

- Natureza: Invista em tecnologia, mas não perca a conexão com a natureza. Distribuir folhagens e plantas próximo aos locais de trabalho estimula a produtividade e aumenta a sensação de bem-estar  

- Espaços: Crie também espaços para estimular descontração dos profissionais durante  pausas no horário de trabalho. Eles são importantes para compartilhar ideias e interação 

- Normas: É necessário cumprir as normas de ambiente que impactam na saúde e segurança do trabalhador. Além de ser positivo para os funcionários, evita causas trabalhistas

 

 

Fonte: A Tarde


Copyright Portal Obra24horas | 2005-2019
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso