Obra24horas > Entrevistas >
ENTREVISTAS

Setor de material de construção sustentável ganha novo selo

 

 

A Fundação Vanzolini - a principal instituição de certificação da construção civil do Brasil - desenvolveu o selo RGMAT, para materiais de construção sustentáveis, com o objetivo de demonstrar o desempenho ambiental dos materiais de construção por meio da declaração ambiental de produto (EPD, do inglês Environmental Product Declaration) baseado na Avaliação do Ciclo de Vida (ACV), desde a extração até o reuso, reciclagem ou em escopos específicos como, por exemplo, desde a extração até o portão da fábrica.

A avaliação do ciclo de vida inclui o levantamento e a quantificação de todas as entradas e saídas de recursos naturais, energia, água, emissão de gases na atmosfera, de resíduos sólidos e líquidos ou substâncias tóxicas. Podendo abranger desde a extração mineral, produção, transporte, montagem, utilização, manutenção e desconstrução até a reutilização ou a reciclagem.

Com inúmeros benefícios para os fabricantes, a iniciativa auxiliará não só as empresas, mas também o usuário final, que terá acesso a informações sobre produtos e materiais, tendo a certeza na hora da compra, que contribuiu com a sustentabilidade ambiental ao adquirir um produto contemplado com o selo.

Confira a entrevista com o professor Manoel Carlos, da diretoria de Certificação da Fundação Vanzolini.

Obra24Horas: O que é o selo RGMAT?

Manoel Carlos: É uma certificação que engloba o conceito de Selo e de Declaração Ambiental.

Obra24Horas: Qual a sua principal função?

Manoel Carlos: É proporcionar informações relevantes, verificadas e comparáveis sobre os aspectos ambientais, de conforto e de saúde dos produtos e materiais da construção. Serve para os fabricantes demonstrarem o desempenho ambiental de seus produtos; para os empreendedores e projetistas escolherem os ambientalmente melhores; para os lojistas e consumidores identificarem os mais sustentáveis.

Obra24Horas: Porque a necessidade da criação desse selo?

Manoel Carlos: O selo é necessário para disponibilizar informações padronizadas e confiáveis e para definir padrões de sustentabilidade.

Obra24Horas: Quais práticas as empresas deverão exercer para serem certificadas?

Manoel Carlos: As empresas deverão realizar a Avaliação do Ciclo de Vida do produto para o qual quer o selo e a Declaração Ambiental do Produto, de acordo com as Regras Gerais e Específicas definidas pela Fundação Vanzolini de acordo com as normas: ISO 14024, ISO 14025, ISO 21930, ISO 14044. A Fundação verifica veracidade da Declaração e se os parâmetros do produto atendem aos critérios e, caso positivo, concede o selo, que é usado no produto, e inclui a Declaração na base de dados no site RGMAT, de livre acesso.

Obra24Horas: Por quanto tempo o produto permanece certificado após a conquista do selo?

Manoel Carlos: O certificado é válido por três anos, desde que não haja alterações nele e no processo. Após esse período, o certificado pode ser revalidado, mediante atualização das informações e verificação pela Fundação Vanzolini.

Obra24Horas: Como o mercado da construção civil lida com a questão da sustentabilidade hoje?

Manoel Carlos: Com priorização da certificação AQUA para seus empreendimentos, demonstrando a coerência e desempenho do projeto em todas as suas etapas, do planejamento à entrega. Esperamos que a adoção do selo RGMAT seja um facilitador na escolha suficiente dos produtos e materiais para esses projetos.

Obra24Horas: Qual a diferença dos selos da Fundação Vanzolini em comparação com outros existentes no mercado??

Manoel Carlos: O AQUA para empreendimentos e o RGMAT para os materiais são diferentes das outras certificações, pelo rigor, coerência e abrangência, de acordo com os mais altos padrões internacionais e nacionais.

 

Entrevista para a jornalista Érica Nacarato, redatora do Portal Obra24horas.

Copyright Portal Obra24horas | 2005-2021
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso