v Obra24horas | Entrevistas > Fábio Munhoz
Obra24horas > Entrevistas >
ENTREVISTAS

Empresa lança linha de tintas ecologicamente correta

 

Fábio Munhoz

Cada vez mais presente nas pautas das empresas ligadas ao setor de construção civil, a sustentabilidade chegou, também, nos acabamentos e finalização de paredes, através de tintas ecologicamente corretas. A Hydronorth, fabricante de tintas e membro associado ao Green Building Council Brasil, saiu na frente e lançou a primeira linha brasileira de produtos sustentáveis para a construção civil, composta por seis produtos – tinta acrílica de alta performance, massas, revestimento acrílico Graffiato®, esmalte base d´água,  verniz base d´água e impermeabilizante para Telhado Branco. São produtos com eficiência comprovada, que garantem  baixa emissão de Compostos Orgânicos Voláteis (VOC), alta luminosidade e rendimento superior, entre outros benefícios.

Os benefícios são muitos, entre eles baixo VOC, falta de odor (três horas após aplicação), alta luminosidade, rendimento superior e tecnologia que inibe a ação de germes, fungos, bactérias, microorganismos e algas.

Confira a entrevista com Fábio Munhoz, gerente de marketing da Hydronorth.

Obra24Horas: Como as empresas da construção civil estão ligadas a temas relacionados à sustentabilidade hoje?

Fábio Munhoz: As empresas do setor começam a ver que desenvolver projetos sustentáveis traz ganhos para toda a cadeia produtiva. A Construção Sustentável valoriza o imóvel, ajuda a natureza e o planeta, reduz o valor do condomínio, aumenta o conforto, reduz e evita o desperdício do consumo de água e energia, aumenta o valor do aluguel, acelera o processo de venda (giro do capital) e reduz o pay-back da obra quase na metade.

Obra24Horas: Porque você acredita que essa preocupação vem tornando-se cada vez mais recorrente nos últimos anos?

Fábio Munhoz: A construção civil movimenta 9,2% do Produto Interno Bruto (PIB), canaliza 43% dos investimentos nacionais e é responsável por 25% da emissão de gases na atmosfera. Além disso, consome 42% da energia disponibilizada, 21% da água tratada e é responsável por gerar de 60 a 70% do lixo (entulho) no Brasil. Por isso, é necessário que essas empresas revejam a maneira como usam os recursos naturais porque eles são finitos. E essa situação não pode perdurar, pois, desta forma, enfrentaremos em breve uma profunda crise socioambiental e uma disputa por recursos.

Obra24Horas: Porque a Hydronorth sentiu a necessidade de criar uma linha eco?

Fábio Munhoz: Porque a empresa, além de ter consciência de seu papel como fabricante de produtos químicos, notou que havia uma lacuna entre o que as construtoras precisam entregar em termos de obras sustentáveis e produtos para pintura e acabamento adequados, agregando valor efetivo de sustentabilidade às construções.

Obra24Horas: Qual a grande vantagem da linha de produtos sustentáveis da
Hydronorth?

Fábio Munhoz: A linha de ecoprodutos da Hydronorth é composta de: Tinta Acrílica Ecológica de Alta Performance (Premium); Massas Ecológicas (interiores e exteriores); Revestimento Acrílico Graffiato Ecológico; Esmalte Base Água Ecológico Seca Fácil; Verniz Base Água Ecológico Seca Fácil; e Telhado Branco – Manta Líquida / Revestimento Impermeabilizante. Os ecoprodutos Hydronorth possuem baixo VOC e ficam sem odor apenas três horas após a aplicação. Outra vantagem é o rendimento superior, que permite a pintura de mais metros quadrados por litro de produto, melhorando a relação custo-benefício da pintura no projeto. A alta tecnologia das matérias-primas utilizadas, também inibe a ação de germes, fungos, bactérias, microorganismos e algas. Como empresa associada ao Green Building Council - Brasil, o fato de utilizar esse pacote de soluções agrega valor à construção e a empresa ganha pontos para conseguir seu selo de obra sustentável junto ao GBC.

Obra24Horas: Porque usar esses produtos?

Fábio Munhoz: Os benefícios do uso da linha ecopintura Hydronorth se traduzem em diferenciais inéditos no mercado e, contribuem diretamente para as edificações sustentáveis. Por exemplo, as obras sustentáveis requerem em suas especificações limites para a emissão de VOC e a nova linha Hydronorth apresenta essa redução em todos os ecoprodutos. Além disso, não estamos trabalhando com matérias-primas que sejam de fonte-petróleo, mas sim de fontes renováveis.

Obra24Horas: O efeito desses produtos é o mesmo dos tradicionais?

Fábio Munhoz: Além de oferecer atributos de sustentabilidade, a linha Ecopintura da Hydronorth promove mais produtividade, como secagem rápida e praticidade na hora de aplicar porque tratam-se de produtos já prontos, sem necessidade de diluição.

Obra24Horas: E o custo para o consumidor, é maior?

Fábio Munhoz: A linha é voltada para construtoras comprometidas com valores de sustentabilidade. O consumidor final que adquire uma obra feita dentro desses parâmetros estará usufruindo de benefícios reais, como economia de energia elétrica (porque as tintas promovem maior refletância e menos emissão de calor).

Obra24Horas: Atualmente como é o mercado para esses produtos sustentáveis na construção civil?

Fábio Munhoz: A construção civil vai manter-se em até o final deste ano. Segundo o Dieese, os empresários do setor acenam com a possibilidade de um crescimento em torno de 8,5%. Essa taxa está um pouco abaixo do resultado registrado no ano passado (11,6%), período em que o segmento atingiu o seu melhor desempenho dos últimos 24 anos. No entanto, essa estimativa indica um cenário de atividades mais favoráveis à construção civil do que o previsto na média para o conjunto de todos os setores. Estima-se que serão necessários 2 milhões de litros de tinta para serem utilizados apenas em obras sustentáveis projetadas para este ano. O GBC (Green Building Council) Brasil tem mais de 300 obras registradas para 2011.

Obra24Horas: Você acredita que a demanda por produtos ecologicamente corretos tende a aumentar?

Fábio Munhoz: Sim. É uma certeza, justamente pela representatividade desse cenário para a economia e o consequente desenvolvimento do País. A palavra sustentabilidade tem sido cada vez mais ouvida e não sem motivos: a construção civil é apontada como uma das indústrias que mais impactam o meio ambiente. Por isso a busca de alternativas viáveis para diminuir esse impacto ambiental cada vez mais será cobrada pela sociedade.

Obra24Horas: Outra observação que você acredite ser importante.

Fábio Munhoz: O lançamento da linha Ecopintura Hydronorth contou com a estrutura da área de Pesquisa & Desenvolvimento da empresa e também com a tecnologia de parcerias estratégicas, como a Dow, uma das maiores fabricantes de produtos químicos do mundo, e da Braskem, a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. Buscamos no mercado empresas que tivessem tecnologia de ponta para nos ajudar no desenvolvimento da linha, além do conceito de sustentabilidade em seus valores. A criação dos ecoprodutos passou por todas as etapas que envolvem o desenvolvimento de uma linha com essas características. Somos membros associados do Green Building Council Brasil e, nos dias 29, 30 e 31 de agosto, o GBC Brasil terá o Green Building Brasil Conferência Internacional & Expo, na Fecomércio, em São Paulo, que é o grande encontro da construção sustentável do Brasil. A Hydronorth terá participação efetiva no evento, como expositora de sua linha de ecoprodutos e também como palestrante, com o tema Novas Tecnologias em Pintura para Green Buildings. Essa será uma oportunidade de passar o know-how adquirido com o desenvolvimento da linha de ecoprodutos.

 

Entrevista para a jornalista Érica Nacarato, redatora do Portal Obra24horas.

Copyright Portal Obra24horas | 2005-2021
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso