v Obra24horas | Artigos Técnicos > Por que converter sua imobiliária em franquia?
ARTIGOS
Se você tem a sua imobiliária própria, já pensou em convertê-la em uma franquia? Na verdade, não faltam motivos para realizar essa mudança. Trabalhar em uma unidade de uma rede imobiliária é sinônimo de sucesso no maior mercado do mundo, os Estados Unidos, há mais de 30 anos. E tudo indica que essa tendência está chegando ao Brasil. Com o mercado imobiliário brasileiro ficando cada vez mais competitivo, fica mais difícil você com a sua imobiliária própria encarar as gigantes do setor.

Além de se proteger melhor dos competidores, com a conversão para franquia você pode aumentar o lucro da sua empresa ao acessar o banco de dados integrado da marca. Mas isso é só o começo. Entenda melhor, abaixo, por que converter a sua imobiliária em franquia pode ser favorável:

Tendência mundial

O modelo de franquias no mercado imobiliário começou na Austrália e avançou pelo mundo todo. Como já foi dito acima, é a norma nos Estados Unidos, com as franquias sendo responsáveis por nada menos do que 89% do setor no país. França, México, Alemanha e Japão são outros exemplos que o modelo de franquias avançou até dominar o mercado imobiliário.

E isso está acontecendo no Brasil. Conforme redes cada vez maiores vão chegando ao nosso mercado, a tendência é que as pequenas e médias imobiliárias sofram cada vez mais e corram o risco de fechar as portas. Antes que isso aconteça, pense bem na ideia de ser um franqueado e saia na frente, trabalhando com um nome reconhecido no mercado.

Vantagens únicas

Imagine a seguinte situação: a sua imobiliária vende um imóvel na região em que atua. O comprador fica satisfeito com o bom trabalho e indica sua imobiliária para amigos que queiram morar por lá. Mas os anos passam e ele quer sair do bairro. Pronto, o cliente (e o dinheiro) foi perdido, já que ele vai para outra imobiliária.

Com uma franquia, isso não precisa acontecer. Isso porque certas franquias trabalham em rede e todos os imóveis captados por uma unidade podem ser vistos pelas demais. No exemplo acima, você consultaria o banco de dados da sua rede e, se houvesse um imóvel no outro bairro conforme os desejos do cliente, você poderia vender e continuar com o cliente. E, nesse caso, tanto quem capta quanto quem vende o imóvel ganha.

Vale lembrar que você precisa ver as regras do franqueador para ver se isso se aplica. Se for, a conversão de sua imobiliária para franquia pode ajudar a você manter esse cliente.

Nome forte e investimento compartilhado

Ao ter a marca forte do franqueador, você ganha sem precisar conquistar o cliente. Ter um nome forte no mercado garante a confiança do seu possível cliente, sem dúvidas sobre a qualidade do serviço.

Mas o nome forte sozinho não resolve todos os problemas. Os melhores franqueadores do setor imobiliário investem em novas tecnologias, na capacitação da equipe profissional e em novos programas de expansão, isso sem contar com a construção de um manual de procedimentos. Trabalhando sozinho, é difícil conseguir fazer tudo isso com a sua imobiliária própria. Seja por falta de tempo ou de dinheiro, raramente uma empresa local realiza todas essas etapas.

Ao converter a sua imobiliária em franquia, todos esses investimentos são compartilhados com as outras unidades, tornando-os mais acessíveis para todos da rede. Os corretores serão treinados em uma universidade corporativa para melhorar o desempenho, o gestor terá mais tempo e energia para gastar nos negócios e menos preocupação com ações de marketing, tecnologia e treinamentos. Esse investimento dá resultados.

* Germano Leardi Neto é diretor de relações institucionais da franqueadora imobiliária Paulo Roberto Leardi.

Artigo escrito por Germano Leardi Neto

Copyright Portal Obra24horas | 2005-2021
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso