/ Login

Não é Cadastrado?

Cadastre-se agora mesmo!

/ Notícias

Obra24horas > Notícias

Trecho leste do Rodoanel atrai lojas e construtoras para cidades da Grande São Paulo

As obras do trecho leste do Rodoanel, com investimentos estimados em R$ 2,8 bilhões, já estão se traduzindo em aquecimento da economia das cidades da região, beneficiadas especialmente pela ligação do porto de Santos ao aeroporto de Guarulhos.

Em Poá (42 km a leste de São Paulo), uma das cidades por onde passa a rodovia, esse avanço se reflete no comércio, que recebeu neste ano filiais da Marisa, da Camisaria Colombo e do McDonald's.

De acordo com Roberto Pestana, proprietário da franquia de fastfood, essa região e a sua vizinhança representam o maior volume de vendas da rede.

"O Rodoanel nos colocou em evidência. Como não temos espaço para fábricas, as empresas que nos procuraram não vieram, mas o comércio está crescendo", diz Adriana Borges, secretária de Indústria e Comércio de Poá.

A rodovia também se tornou um atrativo para o setor de construção.

Para Simone Santos, diretora da Herzog Administradora de Imóveis, a região (que inclui cidades como Mauá, Suzano, Poá e Arujá) tem vantagem logística e financeira em relação ao ABC paulista.

"Temos vários investidores de olho naquela região há meses. O investimento imobiliário demora dois anos para dar certo e coincide com a entrega do Rodoanel."

A previsão de conclusão do trecho leste do Rodoanel é março de 2014 e estima-se que sejam gerados 3.500 empregos diretos e 14 mil indiretos pela obra.

Mão de obra

A SPMar (concessionária responsável pela construção e pela administração da obra) e as prefeituras da região têm planos para contratação de mão de obra local.

Assim, além dos postos indiretos, centenas de moradores podem permanecer empregados por pelo menos dois anos na obra e gastando e investindo na região, beneficiando as economias locais e se tornando uma chamariz para novos investimentos.

Edson Alexandre da Silva, 36, trabalhou como encarregado de alojamento na construção do trecho sul do Rodoanel, passou um ano como autônomo e foi recontratado pela SPMar para trabalhar no trecho Leste.

"Espero que, quando acabar essa obra, surjam outras para que eu continue trabalhando no setor."

A obra também se tornou "assunto de família". Esse é o caso de José Carlos dos Santos, 44, e do seu filho Pedro dos Santos, 19, que agora trabalham juntos na construção --José Carlos foi a primeiro a ser contratado, depois de ficar desempregado por cerca de seis meses.

Arrecadação

Os investimentos no trecho leste do Rodoanel devem totalizar R$ 2,8 bilhões, e 5% do total será distribuído em ISS (Imposto sobre Serviços).

Ribeirão Pires, Mauá, Suzano, Poá, Itaquaquecetuba e Arujá ainda não têm previsão de quanto irão arrecadar com o ISS gerado.

Isso porque, segundo a SPMar, os valores definitivos destinados à construção em cada município serão definidos só no término da obra.

Mesmo sem previsão de arrecadação total, as prefeituras afirmam que o dinheiro será destinado à educação, à saúde e à infraestrutura.

Da Redação, original Folha de S. Paulo.

Envio de e-mail

Seu nome:
Seu E-mail:
Nome do Amigo:
E-mail do Amigo:
Assunto: