NOTÍCIAS

Joias, grifes famosas, carros esportivos e hotéis 5 estrelas. O conceito de luxo no mundo sempre pareceu bem definido: produtos exclusivos, objetos de desejo ligados a um grande poder aquisitivo. Esta é uma ideia ainda presente no imaginário de boa parte das pessoas, porém, um novo modo de pensar vem ganhando força nos últimos anos. O luxo deixa de ser um padrão de consumo e transforma-se num estilo de vida ligado a experiências, conforto e bem-estar.

Para o gerente de produto da Alphaville Urbanismo, empresa voltada ao segmento premium, a ideia do que é luxuoso evoluiu de acordo com as mudanças sociais e comportamentais. “Antes, o luxo era basicamente representado por bens materiais. Quanto mais caros, melhor. No caso de empreendimentos imobiliários, quanto maiores fossem os espaços, melhor”, diz Hugo Serra. Contudo, esta percepção sofreu transformações com o tempo. “O luxo não é sobre produtos físicos, e sim sobre experiências. A exclusividade deu lugar à individualidade”.

Na prática, significa que as empresas devem oferecer produtos na medida para seus clientes, que os permitam ter momentos de prazer, mesmo que simples, com a família e os amigos, distanciados de qualquer preocupação. “Para uma parcela cada vez maior de clientes, ter o carro do ano não é tão importante quanto reunir amigos e familiares ou ver os filhos brincarem numa praça em segurança. O ‘estar’ é mais valorizado que o ‘ter’”, completa Hugo.

As tendências mundiais levam em consideração que as pessoas possuem mais acesso à informação e à tecnologia. Esta realidade se traduz numa rotina muitas vezes estressante e na necessidade de ambientes tranquilos para relaxar.

Os clientes evoluíram sua postura e passaram a desejar lotes um pouco menores. Ao mesmo tempo, procuram espaços que ofertam opções de lazer e maior qualidade de vida. Alinhada às necessidades do mercado, a Alphaville Urbanismo sempre acreditou em espaços como esses e atua cada vez mais na elaboração de locais que utilizam recursos intimistas e que proporcionem uma experiência única.

Nesta linha de pensamento, uma característica marcante do ‘novo luxo’ é a sustentabilidade, conceito que extrapolou os fóruns acadêmicos e já fazem parte do dia a dia das pessoas e do DNA da Alphaville Urbanismo. “Este atributo é bastante valorizado no momento da decisão de compra, uma vez que ter consciência ambiental não é apenas um diferencial. Nos dias de hoje ela é essencial para despertar o interesse dos consumidores”, destaca o gerente de produto.

O respeito ao meio ambiente é um dos pilares de atuação da Alphaville Urbanismo. Os empreendimentos seguem diretrizes claras de sustentabilidade desde a elaboração do projeto inicial, passando pela fase de construção e de implantação. O resultado são empreendimentos com densidade populacional controlada, sistemas completos de captação e tratamento de água e esgoto, com amplas áreas de preservação natural. A combinação destes fatores garante tanto a qualidade de vida dentro do residencial, quanto o equilíbrio com ecossistemas do entorno.

O mercado de luxo tradicional ainda existe – e deve continuar existindo -, mas a chegada das novas gerações no mercado fará com que as mudanças ocorram cada vez mais rápidas. “Ao que parece, o horizonte é animador para o mercado de luxo”, conclui Hugo.

LEIA TAMBÉM

MATÉRIAS DECORACAO DE INTERIORES
MATÉRIAS TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE
Copyright Portal Obra24horas | 2005-2018
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso