NOTÍCIAS

A ABRAMAT (Associação Brasileira das Indústrias dos Materiais de Construção) divulga nessa quinta-feira nova edição de seu estudo do Termômetro. A pesquisa mensal, feita entre os associados para determinar o grau de otimismo e pretensões de investimento futuras, aponta para uma queda nas pretensões de investimento no setor para os próximos 12 meses, com o indicador chegando ao patamar mais baixo desde março de 2017. A avaliação do faturamento é majoritariamente "regular" em julho, enquanto que para agosto a expectativa tem pequena variação, com menos pessimismo, uma vez que nenhuma associada projeta o oitavo mês do ano como "muito ruim", e aumento no otimismo, já que surgem associadas com expectativa de desempenho "muito bom" para o período.

Vendas ao mercado interno:

Nas vendas ao mercado interno, filão que representa a maior parte do faturamento das empresas do setor, a avaliação sobre julho está ligeiramente positiva. 35% das empresas consideraram o mês "bom" para as vendas no mercado interno, enquanto associadas que o consideraram "ruim" ou "muito ruim", somadas, representam 17%. Os demais 48% dão conta de junho como um mês de desempenho "regular". Para agosto, a expectativa sofre pequenas alterações, com teor positivo. 4% das empresas projetam um mês "muito bom", 31% "bom", 52% "regular" e 13% "ruim". Nenhuma associada projeta um desempenho "muito ruim" no oitavo mês do ano. 

Expectativa das ações governamentais e pretensão de investimentos:

Dado relevante apontado pela pesquisa foi a queda na pretensão de investimentos no médio prazo (próximos 12 meses). Apenas 48% dos membros da associação pretendem fazer alguma forma de investimento. Esse é o menor resultado apontado pela pesquisa desde março de 2017.

As incertezas trazidas pelo cenário político reflete nas expectativas das empresas sobre ações governamentais. Pelo segundo mês consecutivo, nenhuma associada vê com otimismo tais ações, enquanto que 61% se declararam indiferentes às ações do Governo para o setor da construção civil e 39% veem as mesmas com pessimismo.

Copyright Portal Obra24horas | 2005-2018
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso