NOTÍCIAS

As enormes portas da cobertura se abrem e a mistura do verde das plantas e o mar invade a visão: mais um dia começa para Bianca Andrade, atriz e blogueira que ficou conhecida na internet como Boca Rosa. Lá fora, o calor de 40° graus da cidade maravilhosa. Dentro, um frescor das plantas que faz com que Bianca comece o seu dia sentindo-se abraçada pelas plantas. 
A responsável pelo projeto de paisagismo na cobertura da Bianca, foi a paisagista Rayra Lira Araújo, da empresa J Lira Green Life. Apelidado carinhosamente pela Rayra como "O paisagismo da Carioca", a especialista explica que a as espécies de plantas da cobertura da blogueira se adaptam bem ao clima do Rio de Janeiro e trazem uma certa tropicalidade a cobertura.  

Bianca queria ter privacidade sem perder a vista e que o ambiente ficasse mais fresco, pois na cobertura o sol é extremo. Sendo assim, Rayra conta como elaborou o paisagismo na área de lazer de Bianca.

“Usamos duas espécies de cada, posicionamos algumas na lateral para quando ela estivesse lá em cima sentisse privacidade e abraçada por suas plantas sem comprometer a vista e usamos plantas grandes e altas para ajudar na circulação do vento na cobertura e refrescar o ambiente. ”, explica a paisagista.

Selecionamos três ambientes detalhados na cobertura da Bianca Andrade com dicas da paisagista Rayra Lira:

O primeiro espaço é a parede com a frase: 

"Para casar com a frase e pintura da parede trouxemos uma planta que em seu aspecto que remete a tropicalidade: o Pau D'água. Ela é ideal para ambientes internos e sobre a parede branca dá um efeito bacana.", diz a paisa

 

O segundo espaço: 

"As plantas nas laterais trazem uma certa privacidade ao espaço e elas estão posicionadas próximo as cadeiras para trazer a sensação de se sentir abraçada pelo verde. O espaço entre elas existe para reforçar a ideia de estar sendo abraçada pelas plantas e não engolida por elas.", explica Rayra. 

O terceiro espaço:

"Os terrários que são uma tendência do mundo Go Green e neste caso cumprem um papel diferente no lar. Eles não são apenas decorativos, são peças que agregam valor, feitos com pedras mais decorativas, de cores vibrantes de acordo com a decoração da casa são bem personalizados e feitos para aquela local.", conta a dona da J Lira Green.

Porém, esse tipo de terrário requer alguns cuidados.
"São abertos necessitando de 50 ml de água 5 vezes ao mês, mas ao molhar esses pequenos jardins que ficam espalhados pela casa eles ativam a "Geosmina" que é uma bactéria responsável pelo perfume da terra. Este cheiro que se espalha pela casa está ligado à nossa "sinestesia cultural", ou seja, uma associação de boas imagens e sensações que a nossa mente faz pelo simples fato do cheiro está ligado a água da chuva.",  finaliza a paisagista.

Copyright Portal Obra24horas | 2005-2018
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso