NOTÍCIAS

O governo Geraldo Alckmin (PSDB) lançou, no dia 26 de dezembro, um edital de consulta pública para a construção de unidades habitacionais sobre os trilhos. A proposta é erguer, por parceria público-privada, 4.556 moradias nos arredores da estação Belém do Metrô, na zona leste da capital. A gestão tucana planeja abrir o processo licitatório até abril de 2018.

Empresários e sociedade civil terão 30 dias para apresentar sugestões ao projeto, que tem previsão de ser concluído em sete anos. Nos dois primeiros anos, a ideia do governo paulista é construir uma laje que ficará suspensa sobre os trilhos da Companhia do Metropolitano (Metrô) e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Segundo o secretário estadual da Habitação, Rodrigo Garcia, nesse período as obras vão ocorrer na madrugada e não afetarão a circulação dos trens. A estrutura terá 32 mil metros quadrados sobre trilhos do Metrô, com áreas comuns, praças, equipamentos públicos e edificações para uso comercial.

Em evento no Palácio dos Bandeirantes, Garcia destacou o “ineditismo” da PPP dos Trilhos e disse que há uma “expectativa de grande interesse por parte do mercado imobiliário”. De acordo com o secretário, a iniciativa abre precedente para um “volume grande de outras intervenções”.

O edital colocado em consulta pública detalha a construção de 4.556 unidades habitacionais, sendo 3.227 habitações de interesse social (HIS) e 1.329 habitações do mercado popular (HMP). Também está prevista a construção de 55 mil metros quadrados de áreas comerciais e de serviços, 15 mil metros quadrados de estacionamentos e garagens e outros 20 mil metros quadrados de equipamentos públicos.

O valor do investimento é de R$ 1,4 bilhão para entrega no prazo fixado pelo governo estadual. A empresa vencedora da licitação será responsável pelos trabalhos de pré e pós ocupação social, além da manutenção, zeladoria e administração dos condomínios por 30 anos. Nesse período, o concessionário terá receitas na venda de habitações no mercado popular e exploração das áreas comerciais e de serviços.

A PPP dos Trilhos tem inspiração em exemplos de Paris (Rive Gauche), Londres (Paddington Station), Nova Iorque (Penn Station) e Zurique (Depot Hard).

 

Fonte: Istoé Dinheiro

LEIA TAMBÉM

MATÉRIAS TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE
MATÉRIAS TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE
Copyright Portal Obra24horas | 2005-2018
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso