MATÉRIAS

O componente faz com que a tonalidade da cor da fachada mude dependendo do ângulo de incidência do sol

Os painéis são indicados pela Projetoal para fachadas de alto padrão (Foto: divulgação)

Um novo tipo de revestimento externo lançado pela Projetoal promete trazer novidades às fachadas coloridas. Por conter em sua composição um pó feito a partir de ostras, os painéis da linha Switch Colors mudam de tonalidade dependendo do ângulo de incidência do sol.

Os painéis são produzidos em ACM — material composto de alumínio — e levam em seu acabamento uma pintura com esse componente especial. O diretor comercial da Projetoal, Jefferson Lousa, explica que o produto busca trabalhar com as nuances que já existem em determinados espectros.

“As cores têm variações de tonalidades. Um verde, dependendo do tom, fica azulado. Tem também um prata que fica com uma cor mais rosada dependendo do ângulo. O azul pode parecer mais claro”, exemplifica. Ele explica que o pó de ostras vem complementar o produto, uma vez que uma pintura metálica normalmente já traz como base o pó de alumínio. “A Switch Colors tem, além do pó de ostras, outros componentes na formulação que fazem com que, de acordo com o ângulo em que a luz incida na fachada, o tom tenha essa variação”, completa.

Instalado em um prédio de Porto Alegre, esta tonalidade de fachada varia do azul ao verde. Foto: Divulgação

Os painéis são formatados sob medida para cada projeto. Eles podem ser cortados e instalados com diversos formatos, como em círculos ou curvas. “É um conceito arquitetônico mais arrojado, que se adapta a qualquer tipo de obra. É para quem busca uma fachada diferenciada, que não tenha a mesma cara todos os dias”, completa Lousa.

O material tem 15 anos de garantia para uso externo e é recomendado para fachadas de alto padrão. Os painéis duram de 40 a 50 anos e podem ser fabricados em resina, PVDF e NANO, com espessuras de 3 mm a 4 mm.

 

 

 

Fonte: Gazeta do Povo


Copyright Portal Obra24horas | 2005-2018
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso