MATÉRIAS

De montanha-russa no quintal a aquário em tamanho humano: "Incríveis por dentro" mostra casas que parecem convencionais por fora, mas revelam um mundo à parte da realidade no seu interior

Fotos: Reprodução/Netflix

Casa-aquário. Casa-circo. Casa de bonecas. Conceitos de decoração de interiores que são mais comuns em brincadeiras infantis do que em casas reais são os protagonistas da mais nova série da Netflix, “Incríveis por dentro”. A ideia é justamente apresentar construções que, de fora, podem parecer convencionais, mas que por dentro escondem um universo à parte.

O que as residências têm em comum é o fato de que elas refletem, na sua excentricidade, as maiores paixões de seus donos — o que transparece na decoração sob as mais diversas formas. Os exemplos são vários: uma família que decidiu construir sua própria montanha-russa no jardim, um cinéfilo que ama tanto filmes de terror que mora no cenário de um, um amante de carros que decidiu viver em uma oficina.

Os episódios da série também abordam projetos que vão além da decoração de interiores. É o caso de uma família que decidiu construir um hangar para “acoplar” sua casa original. Outro exemplo é um morador da cidade de Essex, na Inglaterra, que gastou mais de 1 milhão de libras durante 25 anos para construir uma casa em que cada um dos 13 quartos refletisse um período diferente da história.

No entanto, nem só de loucuras é feito o roteiro da série. Vários projetos são, sim, inusitados, mas outros são perfeitamente normais. É o caso do casal Dino e Marianne, que transformam um galpão em decadência no topo de um prédio dos anos 1960 em um centro de luxo e sofisticação.

Essa é a primeira série original da Netflix que documenta, no formato reality show, reformas e transformações de casas. No entanto, o tema já é sucesso no catálogo do serviço de streaming, que inclui Irmãos à ObraAs Casas Mais Extraordinárias do Mundo e Queer Eye.

Casa-aquário. Casa-circo. Casa de bonecas. Conceitos de decoração de interiores que são mais comuns em brincadeiras infantis do que em casas reais são os protagonistas da mais nova série da Netflix, “Incríveis por dentro”. A ideia é justamente apresentar construções que, de fora, podem parecer convencionais, mas que por dentro escondem um universo à parte.

 

Primeiro episódio conta a história de um fã fanático de beisebol que criou um bar temático no seu porão. Foto: Reprodução/Netflix

O que as residências têm em comum é o fato de que elas  refletem, na sua excentricidade, as maiores paixões de seus donos — o que transparece na decoração sob as mais diversas formas. Os exemplos são vários: uma família que decidiu construir sua própria montanha-russa no jardim, um cinéfilo que ama tanto filmes de terror que mora no cenário de um, um amante de carros que decidiu viver em uma oficina.

Um dos episódios conta a história do arquiteto David Lang, que construiu uma cascata saindo da cama em seu apartamento em Nova York. Foto: Reprodução/Netflix

Os episódios da série também abordam projetos que vão além da decoração de interiores. É o caso de uma família que decidiu construir um hangar para “acoplar” sua casa original. Outro exemplo é um morador da cidade de Essex, na Inglaterra, que gastou mais de 1 milhão de libras durante 25 anos para construir uma casa em que cada um dos 13 quartos refletisse um período diferente da história.

 

Hangar foi construído para “encaixar” a casa original e ampliar os espaços compartilhados da família. Foto: Reprodução/Netflix

No entanto, nem só de loucuras é feito o roteiro da série. Vários projetos são, sim, inusitados, mas outros são perfeitamente normais. É o caso do casal Dino e Marianne, que transformam um galpão em decadência no topo de um prédio dos anos 1960 em um centro de luxo e sofisticação.

Antigo galpão destruído foi transformado em um ambiente luxuoso. Foto: Reprodução/Netflix

Essa é a primeira série original da Netflix que documenta, no formato reality show, reformas e transformações de casas. No entanto, o tema já é sucesso no catálogo do serviço de streaming, que inclui Irmãos à ObraAs Casas Mais Extraordinárias do Mundo e Queer Eye.

A primeira temporada tem 12 episódios com duração de meia hora. Cada um conta a história de três projetos excêntricos e seus respectivos donos.

Fonte: Gazeta do Povo


Copyright Portal Obra24horas | 2005-2018
Contato: (011) 3124-5324 | Termos de Uso